Gerenciador de tarefas: qual o ideal pra você?

Qualquer empresa ou profissional autônomo que pretende otimizar a produtividade e gerar mais lucros precisa de um gerenciador de tarefas eficiente. Esse é um instrumento fundamental para organizar as atividades a serem realizadas e acompanhar de perto o desenvolvimento de cada projeto. 

Como funciona um gerenciador de tarefas? 

O gerenciador de tarefas é uma ferramenta desenvolvida para organizar, distribuir e acompanhar as tarefas necessárias para alcançar um determinado objetivo.

Ele pode ser usado como um guia, um passo a passo. Afinal, com o apoio dessa ferramenta cada objetivo pode ser destrinchado em ações práticas a serem realizadas no dia a dia. 

Desta maneira é possível organizar melhor o que há para fazer, assim como quando, por quem, e de que maneira deverá ser feito. 

Qual é a opção ideal para você? 

Existem diversas opções de gerenciador de tarefas disponíveis no mercado e para saber qual pode ser mais útil para sua rotina, é preciso conhecer as funcionalidades e particularidades de cada uma delas. 

Confira a seguir as principais funcionalidades de 3 ferramentas de gestão de tarefas bastante utilizadas na atualidade e descubra qual delas é a melhor opção para potencializar os seus resultados. 

1. Trello 

gerenciador de tarefas trello

O trello é um gestor de tarefas muito completo e flexível. 

Em sua configuração mais básica é possível dividir as tarefas em três principais listas: to do – a fazer, doing – fazendo e done – feito. 

Cada atividade é descrita em um “card” que pode ser movido entre estas três listas de acordo com o andamento da atividade. 

Além da descrição de cada atividade é possível inserir neste card a data de entrega, marcar os colaboradores responsáveis pela execução das tarefas, criar checklists, adicionar imagens, áudios, links, entre outras possibilidades. 

Confira aqui um vídeo com algumas dicas de como utilizar as funcionalidades do trello. 

2. Asana 

O Asana é outra opção eficiente que oferece uma grande variedade de recursos. Um detalhe interessante é que essa ferramenta oferece funções bem úteis para gerentes de projetos, como: 

  • Possibilidade de vincular as atividades relacionadas a um determinado projeto
  • Calendário que permite a visualização das funções de cada membro
  • Facilidade de integrar equipes e acompanhar o desempenho de cada uma delas por meio de gráficos
  • Possibilidade de visualizar a atividade de cada membro da equipe em tempo real

Além disso, é possível criar listas ou quadros de atividades, definir e sinalizar a prioridade das tarefas, compartilhar arquivos e estabelecer uma comunicação mais rápida e direta entre os membros da equipe utilizando o chat. 

Veja aqui uma demonstração prática desta ferramenta.

3. Click up 

Não é à toa que este gerenciador de tarefas está conquistando cada vez mais espaço. Seu design amigável, sua facilidade de uso e a riqueza de recursos disponíveis, mesmo na versão gratuita, tem atraído o interesse de diversos usuários. 

Uma função muito bacana do Click up é a possibilidade de criar vídeos de gravações de tela sem a necessidade de instalar algum outro aplicativo. A própria plataforma já oferece essa  ferramenta que pode ser usada para descrição mais prática de uma determinada atividade, apresentação de resultados, entre outras possibilidades. 

Outra possibilidade interessante é a criação de dashboards para visualização de estatísticas que podem ser úteis na avaliação de desempenho. 

Confira mais detalhes sobre o click up neste vídeo.

3 principais motivos para investir em um gerenciador de tarefas 

1. Um bom gerenciador de tarefas vai te mostrar onde melhorar 

Com o gestor de tarefas é possível acompanhar e documentar todo o processo de trabalho. Desta maneira, fica mais fácil avaliar tudo o que está sendo feito e como está sendo feito, para identificar o que pode ser melhorado. 

2. Facilita a priorização de tarefas 

Com todas as tarefas devidamente detalhadas fica mais fácil estimar o nível de urgência, o tempo e o esforço que serão gastos com cada uma delas, e assim, definir a ordem de execução mais adequada de acordo com as prioridades levantadas. 

3. Praticidade de acesso 

Com um organizador de tarefas online, a organização e a produtividade podem ser mantidas independente da localização da equipe. Mesmo em trabalho remoto, desde que tenham acesso à internet, os colaboradores podem acessar a plataforma de onde estiverem e terão todas as informações necessárias para fazer o que precisam fazer. E o gestor, de onde estiver, vai poder acompanhar o desenvolvimento de cada projeto e o desempenho de cada membro da equipe. 

Faça sua escolha e otimize seus resultados 

Agora que já entendeu as vantagens de um bom gerenciador de tarefas pode trazer para o seu negócio, e sabe quais são as opções mais completas e populares do mercado, basta escolher qual se adequa melhor às necessidades específicas do seu processo de trabalho. Se já utiliza ferramentas de gestão comenta aqui qual é a sua favorita. E se pretende começar agora diz pra gente qual te chamou mais atenção. 

Seja qual for sua preferência, desejamos sucesso! E para mais dicas sobre gestão e produtividade continue acompanhando o nosso blog. 

Você também vai gostar de ler:

Deixe seu comentário

Seu email nunca será publicado ou distribuído. Campos obrigatórios devem ser preenchidos *