Os dois lados do cérebro: Lógica x Criatividade

Olá!

Queremos utilizar esse artigo para corrigir uma informação compartilhada anteriormente.

Na primeira versão deste conteúdo nós tratamos do tema “os dois lados do cérebro: lógica x criatividade” nos baseando em considerações feitas pelo cientista Roger Sperry, no fim da década de 70.

Sperry defendia a ideia de que o lado esquerdo do cérebro é responsável pela lógica e o lado direito é responsável pela criatividade.

Porém, com a ajuda de alguns de nossos leitores, e fazendo pesquisas mais profundas, descobrimos que na verdade essa teoria foi descredibilizada cientificamente, portanto estamos aqui para corrigi-la e explicar o motivo dessa correção.

Apps-para-o-cerebro

Fonte: Jornal O Globo

A teoria de Roger Sperry

Os estudos sobre o funcionamento do cérebro ganharam maior importância com os trabalhos de Roger Sperry, um cientista norte-americano que ganhou o Prêmio Nobel de Medicina e Fisiologia, em 1981, ao propor a divisão cerebral em hemisférios e funções.

Ele era neurobiologista e fisiologista e havia desenvolvido uma técnica para o tratamento da epilepsia chamada split-brain surgery, que era realizada para diminuir os riscos de impulsos nervosos e convulsões dos epiléticos a partir da separação de um conjunto de fibras que conectam os dois lados do cérebro.

Logo após as primeiras cirurgias, Sperry notou mudanças no comportamento dos pacientes e, após análises e acompanhamentos clínicos, ele deduziu que o corpo caloso, ou seja, o conjunto de fibras separado no procedimento cirúrgico, possuía a função de integrar os hemisférios cerebrais para o equilíbrio entre a lógica e a criatividade do pensamento.

A partir de então, Roger Sperry realizou diversos estudos e sugeriu que os lados direito e esquerdo do cérebro desempenham funções diferentes, porém, complementares na formação de ideias e conceitos que direcionam as escolhas de cada indivíduo.

Roger Sperry - Os dois lados do cérebro

Assim, de acordo com a teoria proposta por Sperry, os lados do cérebro estariam divididos entre as funções lógica e criativa, sendo o esquerdo responsável pela tomada de decisões “racionais” e o direito pelas escolhas “emocionais”.

Funções dos dois lados do cérebro segundo Sperry

De acordo com Sperry, as funções de cada lado do cérebro seriam:

Lado esquerdo: responsável pela interpretação “lógica” das situações.

A parte do cérebro que analisa os dados e que busca as razões que justificam os acontecimentos. Seria o lado estratégico, analítico e realístico da visão de cada indivíduo, com base na descoberta de explicações precisas e objetivas para qualquer tipo de questionamento.

Lado direito: responsável pela interpretação “emocional” das situações.

O uso do lado direito do cérebro estaria associado à criatividade e intuição. A visão holística dos fatos e o predomínio das sensações sobre a racionalidade são aspectos evidentes que alimentam a imaginação e consideram a subjetividade como fator decisivo para o entendimento da realidade.

Confira no infográfico a seguir um exemplo da interpretação de Sperry sobre os dois lados do cérebro e suas respectivas funções:

Os dois lados do cérebro

Outra pesquisa ligada aos dois lados do cérebro

Em determinado momento, próximo ao ano de 1800, uma dupla de neurologistas (Pierre Paul Broca e Carl Wernicke) sugeriu que o lado esquerdo do cérebro era responsável pela função de linguagem. Essa teoria derivou de uma pesquisa em que eles observaram que pacientes com problemas de comunicação apresentavam dano em seus lóbulos temporais esquerdos.

Desvendando o mito: por que a teoria foi descartada?

A teoria foi descartada quando cientistas e médicos estudaram pacientes que tinham os dois hemisférios cerebrais separados ou que não apresentavam algum dos hemisférios.

Nestes estudos foi possível observar que mesmo nessas condições os pacientes apresentavam tanto comportamentos lógicos, quanto comportamentos criativos.

Outras pesquisas revelaram que um dos dois lados cérebro pode ser sim mais ativo que o outro para determinadas funções. A capacidade de atenção, por exemplo, requer uma maior atividade do lado direito, e a linguagem, uma maior atividade do lado esquerdo, mas isso é uma condição do sistema cerebral e não da pessoa.

Também não existem evidências científicas que comprovem a ideia de que as pessoas têm lados dominantes no cérebro.

E pode ser que você use mais a lógica ou use mais a criatividade no seu dia a dia, mas isso não quer dizer que um dos lados do seu cérebro é menos capacitado.

Lembre-se que tanto para realizar atividades lógicas, quanto para realizar atividades criativas, seu cérebro estará trabalhando como um todo.

Dicas de exercícios para o cérebro

Existem diversas formas de manter o cérebro “ativo” e muitas delas estão relacionadas aos hábitos culturais e ao tempo de descanso entre uma atividade e outra.

Veja agora 5 dicas de exercícios para trabalhar os dois lados do cérebro e saiba como cuidar diariamente da saúde mental com atividades simples e prazeirosas:

Dicas para exercitar os dois lados do cérebro

Gostou deste artigo sobre os dois lados do cérebro?

Continue acessando o Blog da Netscan Digital para conferir outros conteúdos interessantes. E como ninguém raciocina direito em meio ao caos, confira também nosso artigo sobre organização de arquivos e veja como otimizar sua rotina.

Não esqueça de participar de nossas publicações colocando suas dúvidas, sugestões e comentários.

Até a próxima!

Você também vai gostar de ler:

  1. João Paulo da Silva disse:

    Sensacional. Gostei da aula. Gostaria de me aprofundar no estudo. tenho 79 anos. Tenho chance de melhorar minha memória?

    • Netscan Digital disse:

      Bom dia sr. João Paulo! Muito obrigado pelo seu comentário!
      Com certeza, principalmente praticando os 5 exercícios que indicamos no artigo. Para manter a memória sempre ativa, o mais importante é “desafiar o cérebro”, tentando realizar atividades que exigem lógica e criatividade de formas alternativas.
      Praticando um pouco de cada um dos exercícios que apresentamos, não tenha dúvidas de que o senhor estará cuidando da sua saúde mental de forma eficaz e prazerosa.
      Um abraço!

  2. Lucinéia Silva disse:

    Muito bom o artigo. Tento sempre que possível utilizar as duas mãos. Uma coisa que sei que está errado, pois as leis de trânsito não permite, é dirigir com apenas uma mão, o interessante é que, apesar de ser destra, só consigo fazer isso com a mão esquerda. Tenho também uma pergunta: o estresse pode causar perda de memória? Obrigada.

  3. Eugênio Atenas disse:

    Muito bom gostaria de saber mais

  4. EDSON DE MELO SILVA disse:

    PARABENS…..LEITURA MUITO BOA….

  5. Willian disse:

    Matéria muito interessante

  6. Ana Carolina Castro disse:

    Sensacional. Muito interessante a matéria.

  7. Julio disse:

    Poxa pra quê difundir um neuromito que já foi tão estudado e combatido? Qual o propósito de passar desinformação? Pesquisem! Há muito materiais de diferentes neurocientistas explicando que o cérebro não funciona dessa maneira. Recomendo: https://www.cacadoresdeneuromitos.com/

    • Pâmela Carvalho disse:

      Oi Julio, tudo bem? Você está certo esse artigo estava desatualizado, mas já fizemos uma nova pesquisa e providenciamos a correção do conteúdo. Muito obrigada pela dica!

  8. Maria disse:

    Muito bom.
    Muito informativo, claro e de linguagem acessível.
    Parabéns.

  9. Franca disse:

    Muito bom que artigos,sou canhota vou começar a fazer os logos pois no moment est ou aprendendo franches e aprendendo a ficar violão è verdade tem uma velocidade n’a iteligencia dans coisas voçê não encherga so uma arbore mas uma floresta.muito bom